15/04/2014

Mulheres e a pesquisa lamentável do IPEA





Muitos podem estar se perguntando: O QUE ISSO TEM HAVER COM O FT???

Resp: Muita coisa meu amigo cabeçudo!!! Hoje uma grande parte dos atletas dos esportes de força são Mulheres,  é só pensar um pouco. A maior parte das pessoas que vão em academias, tem como o objetivo principal deixar o corpo mais bonito, com um Shape de dar inveja. 
Agora pelo resultado da pesquisa do IPEA, as mulheres não poderão ter um corpo bonito, ou melhor. Não vão poder mostrar o que elas treinam na academia. 

Obs: Para quem não sabe do que estou falando. O IPEA fez uma pesquisa na qual o resultado foi assustador. A pesquisa sobre o tema " Violência contra a Mulher" teve um resultado de 63% dos brasileiros concordavam com a frase: 
Mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser ATACADAS.
Isso deu uma tremenda revolução nas redes sociais, e dentro do IPEA, que se retratou com a população. Dizendo que houve um erro e não era 63% e sim mais baixo 26%. veja a tabela de 2013


Tabela do IPEA de 2013

link da http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/SIPS/140327_sips_violencia_mulheres.pdf 

Melhorou muito!!! O cara que achar isso é um FDP... Isso é inadmissível.  

O pior de tudo, é que hoje não temos que lutar apenas com as mentes desequilibradas, e sim com esse raciocínio arcaico, onde o macho vinha escolhia sua parceira e já era...se fosse assim, nenhuma mulher gostosa e usando roupas sensuais poderia passar na frente da academia. Porque ali vai encontrar homens com a libido a flor da pele, pessoas que passam o dia respirando fundo kkkkkkkkkk.

Temos que mudar isso, mostrar para essas pessoas que tudo tem limite. E que temos a obrigação de respeitar tudo, não importa se são:
Opiniões diferentes da sua.
Estilos de vida diferentes da massa.
Tendencias Sexuais.
Cor da Pele.
Credo.
As DIFERENÇAS EXISTEM e devem ser tratadas com todo nosso RESPEITO.

ANA LAURA LOURENÇO - CAMPEÃ PAULISTA DE ESTREANTES 2014



É fácil viver em harmonia com nosso próximo!!! Apenas temos que tem em mente, que somos todos DIFERENTES... e sendo assim, não tem como eu querer te mudar ou te colocar minhas regras de vida.

Colocar a culpa na própria vitima é o maior absurdo!!!

Como alguém tem coragem de falar, que a pessoa foi atacada, violentada e até morta por que ela estava se vestindo de forma errada.

Agora vamos transferir nossas doenças mentais, atitudes insanas ao nosso próximo?
Infelizmente para mim, quem tem esse tipo de raciocínio tem que ser observado com muita ATENÇÃO.




Eu sou homem e adoro o sexo oposto. Amo de PAIXÃO!!! Só que nem estando com o libido nas alturas, vou atacar uma mulher por estar vestindo um vestido curto ou um decote provocante.

Olhar!!! Sim eu olho.

Desejar!!! Se desejamos ter um carro bonito, por que eu não desejaria ter uma mulher bonita.

Tentar a Sorte!!! Todos tem esse direito... de mostrar que teve interesse, e ver se tem chance em conquistar aquilo que se deseja.

Tomar para Si!!! Ninguém tem o direito de chegar apalpando, beliscando quem dirá fazer outras coisas.

O FT apoia a VIDA!!! Apoiamos o RESPEITO e as DIFERENÇAS... E acima de tudo a Liberdade.











Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa

12/03/2014

MAIS QUE UMA PROFISSÃO!!!




Sim, isso é uma profissão!!!

Praticamente o contrário de todas as profissões, que se seguem por pessoas que estudaram por anos, que se aventuraram por falta de opções ou só pelo simples fato de ganhar dinheiro. 

Não desmerecendo nenhuma outra profissão...e sim mostrando que além de advogados, contadores, executivos e etc. Temos diversos atletas profissionais do mais altíssimo nível, que dão literalmente o SANGUE por seu esporte, sua PROFISSÃO, e não tem a devida atenção e RESPEITO que deveriam ter.

Scott Mendelson como muitos outros atletas brasileiros já sentiram na pele, tanto o sabor da vitória como de uma lesão. 

E nem precisa falar!!! Essa foto já diz tudo... 

Temos que dar todo nosso respeito a eles, porque só quem AMA o que faz é capaz de levar seu corpo a SUPERAR SEUS LIMITES.

Hoje temos entre esses feras um Atleta que está se destacando e levando o nome BRASIL a um outro patamar, estou falando do Atleta Marcos Ferrari. E isso sem ajuda do nosso "querido" governo.

Parabéns a todos atletas, sejam eles praticantes de qualquer esporte.




Assintam o vídeo onde o atleta Scott Mendelson,
 quebrou o recorde e se lesionou.




Veja entrevista do nosso Atleta Marcos Ferrari.
http://ftforcatotal.blogspot.com.br/2012/11/marcos-ferrari-entrevista-com-um-dos.html



PROCURANDO SUPLEMENTOS DE QUALIDADE E COM UM PREÇO JUSTO?
VOCÊ ACHOU...

http://powersupplementsbrasil.blogspot.com.br/

Blog Força Total

27/02/2014

CONSTROX - O PRÉ-TREINO COMPLETO.



Confesso que ao retornar ao Brasil, me desapontei muito com a Suplementação que se tem acesso aqui!!! vou reformular... estou falando em relação ao Custo x Benefício, suplementos aqui são muito caros e infelizmente a qualidade é muito contestável.

Logo que cheguei nessa terra que ainda está engatinhando, uma loja de suplementos ofereceu apoio ao FT, e o dono dela estava travando uma batalha contra a IFB ( Industria Farinheira do Brasil ), marcas de suplementos brasileiros que foram desmascaradas vendendo Farinha no lugar de Proteína.

Hoje graças ao reconhecimento do nosso trabalho, o FT tem um patrocínio de peso, a Power Supplements onde seus produtos tem um dos melhores  Custo x Benefício do mercado nacional. E devida sua seriedade com seus clientes está fora dessa putaria, que hoje manchou o nome de alguns industrias de suplementos alimentares.

Neste post, vou relatar meu contato com o Suplemento desenvolvido pela Power Supplents, para que seus atletas profissionais e amantes desse Life-Style possam ter em uma hora, que ao meu ver é uma das mais importantes do nosso dia, uma suplementação de qualidade.
Estou falando da primeira suplementação Pós-Treino.

Sei que uma grande maioria tem consciência da importância dessa suplementação, só que muitos ainda confundem e acabam perdendo: 
Dinheiro
Tempo empregado dentro da Gym 
Hipertrofia Muscular





Importância do Pós-Treino.

Quando acabamos um Treino de Força, seja ele de Fisiculturismo, Powerlifting, Strongman, etc... estamos com nosso corpo no LIMITE. Com o estoque de glicogênico muito baixo e com o músculo que foi massacrado cheio de micro-feridas sedentas por uma boa suplementação. Nessa hora precisamos de uma suplementação que equilibre os níveis de glicogênio, ajude numa recuperação mais rápida e que contenha uma boa quantia de proteína para alimentar esses músculos fadigados. 

Esse novo suplemento desenvolvido pela Power Supplents, para garantir um pós-treino com qualidade, veio para revolucionar. O Constrox é uma fórmula desenvolvida para garantir que seus músculos recebam tudo o que estão precisando depois de um treino com força total.

Após nossos treinos não adianta apenas tomarmos Whey, se for feito isso estaremos gastando dinheiro a toa. O Constrox tem uma combinação de proteínas, vitaminas, nutrientes, amino ácidos e amido de milho ceroso ( waxy maize) .
Veja mais:














Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa

  

04/02/2014

Review Suplementos-WHITE POWDER


Meus amigos Leitores que já me acompanham há algum tempo, e lêm quase todos meus Posts, podem até achar que esse eu vou me contradizer. 
Ano passado eu escrevi esse artigo:
Use o seu suplemento natural, o melhor pre-workout- Motivação

O que falo nesse Post, é que antes de pensar em comprar qualquer coisa temos que ter uma MOTIVAÇÃO INTERIOR. Algo que te faça querer jogar todos os pesos para o alto...

Só depois podemos pedir ajuda à ciência, e conhecer uma outra força produzida com fórmulas químicas. Dessa forma, a sua Motivação+uma ajuda externa = há um Puta Treino.

Hoje vou relatar o uso de um novo pré-treino que estou usando:
o White Powder! 
Comecei a fazer uso dele a 2 semanas atrás, eu estou voltando ao estilo de vida que adoro (treinos, alimentação + qualidade de vida) e, por ter acontecido várias coisas em minha vida que acabaram influenciando de forma negativa nos meus treinos, estou tendo que começar tudo de novo.

Há muito tempo não tomava nenhum pré-treino, mas como a alguns anos atrás eu já usei todos os importados que existem no mercado, eu tenho uma certa bagaguem para relatar esse pré-treino.

Acho importante falar como foi a primeira vez que tomei e, se depois de uma semana ainda estava dando gás no treino ou se o organismo de uma forma ou de outra já se acostumou.

Primeiro dia:
Eu treino à noite, lá pelas 20:00hs e todos sabemos que para alguns esse pode ser um problema pelo fato de estar muito perto da hora de ir dormir. Sabendo que estamos consumindo um produto que tem a finalidade de nos deixar mais ligados para a execução de um treino com força total, algumas pessoas podem ter problemas de insônia.
No primeiro dia tomei o white powder uns 45 minutos antes do treino. Depois de um dia cansativo de trabalho e com esse clima super quente que estamos atravessando, reparei que eu estava bem mais pilhado do que nos dias normais. Não quero passar nada de ilusão, eu sempre vou para a gym com vontade e sabendo o que vou fazer, mas nesse dia meu treino foi com um pique maior e também reparei que a concentração estava melhor. Tive uma certa dificuldade para dormir, só que nada pertubador.

Continuei tomando todos os dias antes dos treinos, e os resultados foram bons.

No terceiro dia eu não estava tão pilhado quanto o primeiro, e para mim foi até um ponto positivo. Eu estava bem para treinar, com muita vontade mas não tinha nada OVER, nada passando dos limites, tipo aquela falta de ar e coração muito acelerado. E nessa altura já estava batendo na cama e desmaiando.


Depois de uma semana:
Ainda continuamos com o clima aqui no Brasil insuportável, e isso acaba influenciando muito para quem treina pesado. E por ter me separado recentemente, ando pecando em alguns ítens como (Alimentação e Descanso). Mesmo assim venho conseguindo executar meus treinos com altas cargas e uma boa intensidade. 

Duas semanas:
Ainda estou tendo uma boa resposta do white powder, e comparando com outros importados ele está cumprindo com o que fala suas propagandas. Treinos Intensos e Concentração OK.

Quero lembrar a todos:

Não é por que esse suplemento é de uma marca que hoje é um dos parceiros do FT que vou florear ou pintar um quadro diferente do que estou vendo. 

Ainda sou da seguinte opinião:
Em primeiro lugar você tem que ter a vontade dentro de si mesmo, não adianta tomar os melhores suplementos se você chega na Gym e não sabe o que quer fazer ou para que foi lá.
Cada corpo é uma resposta, se até EAs reagem diferentes para cada individuo, imagina Suplementos.




Bons Treinos com Força Total.



   







11/01/2014

AUTO-HEMOTERAPIA - VOCÊ SABE O QUE É?


Há muito tempo é discutido se tem ou não efeito essa técnica.

Como sempre, eu fui atrás para conhecer mais a fundo sobre esse assunto, e assim poder dar o meu parecer e, lógico o que ela pode trazer de benefícios para nosso Esporte.

Primeiro vou contar como fiquei sabendo do uso da Auto-Hemoterapia.

Eu ainda estava morando no Japão, mesmo assim diariamente conversava com meus pais que moram no Brasil e numa dessas conversas, meu pai me disse que estava fazendo auto-hemoterapia e que tinha notado uma grande diferença, seu corpo estava mais resistente e sentia ter mais energia para o dia a dia. Ele antes, era uma pessoa que virava e mexia estava resfriado e sempre atacando muito o pulmão, depois que começou a usar esse método isso acabou e raramente ficava resfriado e quando ficava era em uma proporção muito menor.

Chegando ao Brasil, comecei logicamente conviver mais com ele e passei a fazer as aplicações tanto nele, na minha mãe e no meu irmão mais novo, nessa altura eu já tinha lido muito sobre o assunto e falado com alguns atletas importantes no nosso meio, e constatei que seria uma boa fazer alguns testes.

Fazer testes no nosso meio é simplesmente, começar a ser a sua própria cobaia.

Vou explicar de uma forma SIMPLES como é feito a AUTO-HEMOTERAPIA:

Não tem como simplificar mais kkkkkk, retira-se 10ml de sangue e em seguida aplica no MÚSCULO.
Obs: Você vai tirar 10ml do seu Próprio sangue e aplicar em você mesmo. Deixo isso bem claro...

O que vai acontecer ao aplicar o seu próprio sangue no músculo???
O sangue dentro do músculo funciona como um corpo estranho, e vai ser rejeitado pelo organismo, dessa forma estimula o aumento dos Macrófagos, que fazem as limpezas do organismo eliminando as bactérias, vírus, células cancerígenas e a fibrina que é o sangue coagulado. Os macrófagos são responsáveis praticamento por uma limpeza geral.

Nossa taxa normal de Macrófagos no corpo é de 5%, com esse método elevamos ela para 22%. Aproximadamente do quinto ao sétimo dia após a aplicação, o sangue já terá saído do músculo e  essa taxa volta ao normal.

E PORQUE NÃO TEMOS ESSE MÉTODO DIVULGADO E SENDO USADO EM NOSSOS HOSPITAIS???

Agora entramos no meio do tiroteio!!! Só que foda-se...
Vivemos em uma sociedade na qual o dinheiro vale mais do que vidas, a indústria comanda nossa vida, ditando regras e forçando situações. Isso mesmo que eu disse...

Não vivemos uma vida pela qual escolhemos 100% nossos caminhos, e sim achamos que fazemos tal escolha. Somos influenciados intencionalmente por N fatores ( Televisão, Governo, Indústria e etc...).

Hoje no mercado farmacêutico, temos remédios que tem essa função do Auto Estimulo Imunológico, com valores exorbitantes.
OPA!!! Acho que saquei porque ninguém vai vestir a bandeira desse método...

Um Método no qual o maior custo é o da seringa, não tem nenhum interesse em ser divulgado. Não tem DINHEIRO envolvido!... seria apenas um método para aliviar dores, curar enfermidades. Usado tanto por aqueles que tem condições financeiras como por aqueles que não tem onde cair morto. 

Vamos saber um pouco mais sobre a Auto-Hemoterapia:

Foi usado no passado para evitar infecções hospitalares, infecções no pós operatório. Um dia antes da cirurgia o paciente fazia a auto-hemoterapia e após 5 dias repetia o método, de forma que não se deixava baixar essa alta taxa de macrófagos, que até então estava em torno de 22%. Dessa forma, mantendo o organismo muito mais forte e resistente.

O Dr. Jessé Teixeira, fez um estudo específico para evitar infecções no pós operatório, no qual fez 150 cirurgias diferentes e nas mais variadas, usando a técnica da auto-hemoterapia e teve 0,01% de infecções contra 22% nas outras 150 cirurgias idênticas só que sem usar o método. Esse estudo resultou em um prêmio em 1940.

Em 1976, começaram usar a auto-hemoterapia com uma amplitude maior, e não apenas para combater infecções no pós operatório.

O Dr. Ricardo Veronese publicou outro estudo dizendo que a auto-hemoterapia limpa o organismo das bactérias, vírus, células cancerígenas, partículas do sangue e de tecidos, toxinas e outras substâncias tóxicas. Limpeza de esteroides e suas bio-transformações (eliminação dos hormônios), remoção e prevenção intra-vasculares.
Prevenindo infartos, removendo possíveis entupimentos de veias. Bio-transformação e excreção do colesterol, ajudando no tratamento de alergias, desintoxicação e metabolismo de drogas. 




A auto-hemoterapia também se mostrou muito eficiente no tratamento de doenças Auto-Imunes.

O grande problema é a falta de interesse para divulgar e colocar no nosso sistema de saúde publica, só que aos poucos, mais pessoas vão conhecendo e conversando com outras que tiveram conquistas fazendo uso da auto-hemoterapia.

MUITO LEGAL TUDO ISSO!!! AGORA QUE PORRA TEM A VER COM NOSSO ESPORTE?

kkkkkk... Tem TUDO A VER.

Como disse no começo, eu tenho relatos, melhor, tive conversas com atletas, que fazem o uso desse método e me relataram um aumento tanto na performance como nas suas recuperações.

Achou muito???

Além deles se sentirem mais dispostos para treinar, e terem uma recuperação muito melhor depois de treinos extenuantes, ainda temos outros aspectos.

Sabemos que quando se fala de Esportes de Alto Nível, acabamos indiretamente falando em Ciência e o que ela trouxe para aumentar a performance dos atletas profissionais, fora os inúmeros atletas amadores ou se preferir pessoas que adotaram um estilo de vida direcionado ao seu esporte favorito.

E sabemos que ao fazermos ciclos, sejam eles para aumentar a performance, o volume muscular ou emagrecer temos também alguns efeitos indesejados (Efeitos Colaterais), nos quais algumas taxas do nosso organismo são alteradas dessa forma deixando nosso corpo mais vulnerável. 

Então para quem Leu o Post desde o início, já enxergou que pode ser um divisor de águas, empregar o método da auto-hemoterapia no seu cotidiano.

COMO E DE QUANTO EM QUANTO TEMPO?

COMO:
Como já explique, tiramos 10ml de sangue e aplicamos no músculo, só que isso dividido em DUAS APLICAÇÕES de 5ml em cada local escolhido ( retira 10ml da veia do braço e pode aplicar nos deltoides, nádegas ou até no vasto lateral )

DE QUANTO EM QUANTO TEMPO:

Isso vai depender de cada um, a grande maioria que faz esse método por prevenção ou algum outro tratamento, no primeiro mês faz uma vez por semana, e após o primeiro mês de 15 em 15 dias.

Para aqueles que tem um ritmo muito intenso de treinos, e que estão fazendo uso da ciência para alcançar seus objetivos, pode ser feito uma vez por semana, dessa forma irá manter os níveis dos macrófagos sempre em alta.



Existem riscos em usar o método da 

Auto-Hemoterapia?

Essa pergunta eu vou responder copiando uma parte de alguns textos que estudei antes de começar a fazer em mim mesmo.

O risco que se corre é de ficar com um hematoma na região aplicada, esse que some após alguns dias.

Risco de que a pessoa que vai fazer o procedimento não tenha habilidade.


Pergunta feita ao Dr. Ronaldo João- 
médico a 32 anos.

Perguntado se "conhece casos de pessoas que tiveram prejuízos ou benefícios com essa técnica?" ele é taxativo:
"Prejuízos eu desconheço, mas benefícios eu os comprovo diariamente".
Quer ler mais sobre o Texto do Dr. Ronaldo João. 
Clique AQUI 


Então se você for ver não tem risco.


NÃO É PORQUE VOCÊ OPTOU POR FAZER AUTO-HEMOTERAPIA QUE VAI PARAR DE TOMAR SEUS REMÉDIOS. ESSE MÉTODO VEIO PARA SOMAR E PODE AJUDAR A VOCÊ E SEUS FAMILIARES.

Quer saber mais sobre a Auto-Hemoterapia?
 Veja o Vídeo do Dr. Luiz Moura.


Espero que possa ter ajudado vocês a entender melhor sobre esse método simples, e que não deixem sua descrença ou até ignorância falar mais alto. 

Ainda está na dúvida???
Procure mais artigos, busque informações, sua vida é muito mais importante que uma simples birra ou ACHISMOSSS.












Blog Força Total.

Daniel Eduardo Barbosa


21/12/2013

Altura do agachamento – sessão P&R





Dia 17 de outubro, Tiago Duarte me enviou uma dúvida sobre altura do agachamento: "Olá Marília, estou com uma pequena dúvida no agachamento. É na primeira fase, até que ponto devo descer. Meu agachamento realmente é completo, realizo posicionando o quadril abaixo da linha do joelho. Mas, reparei que em vários vídeos de competições eles não descem tanto, alinham quadril com joelho. Se puder me ajudar? Obrigado!"

É uma excelente pergunta. Existem dois pontos importantes para respondê-la. O primeiro ponto diz respeito à profundidade do agachamento e as características do movimento. O agachamento estável é aquele em que se mantém a coluna neutra em todas as fases do movimento. É comum, com cargas mais baixas, observar uma certa protrusão do quadril com a perda do controle da lombar. Essa " lombar frouxa " permite que o movimento seja bem sucedido até uma certa carga. É fácil entender isso pensando num agachamento sem carga:


A partir de cargas mais altas, no entanto, ou o praticante acerta a lombar, mantendo-a firme até embaixo e depois para cima, ou ele perde o movimento. No agachamento com a barra nas costas (o levantamento "agachamento" ou agachamento do powerlifting), a neutralidade da coluna permite agachamentos menos profundos do que os agachamentos frontal e overhead:


Quanto maior for a carga, maior é o esforço empregado para manter esta lombar firme e maior o risco de descer mais fundo e não conseguir mantê-la. Assim, em situações competitivas, o levantador tentará obedecer estritamente a regra, que varia pouco em relação ao seguinte:

"...o levantador deve dobrar os joelhos e abaixar seu corpo até que a superfície das pernas na articulação do quadril esteja abaixo do topo dos joelhos"


Entramos agora no segundo ponto, que é o agachamento competitivo e seu julgamento. O agachamento é o levantamento mais difícil para o referee. O motivo é exatamente a "grey area" que existe entre um agachamento absolutamente fora da profundidade estipulada pela regra e o agachamento convincentemente profundo.
Diferentes organizações adotarão posturas diferentes em relação a esta zona cinza. Algumas adotam posturas mais "black and white" e tudo que for cinza é preto, ou seja, luz vermelha (inválido). Outras organizações têm menos consenso quanto a isso e diferentes juízes se posicionarão de maneira distinta.



Só mesmo estando na cadeira de um árbitro lateral para compreender a complexidade do julgamento de altura. Uma vez emitido o julgamento, vale a luz do juiz.

A outra questão relacionada a esta é a dificuldade em julgar em levantamento por vídeo. Há algum tempo eu publiquei um artigo sobre os "youtube referees", criticando-os duramente. No meu entender de árbitra internacional certificada, ninguém exceto as três pessoas sentadas nas cadeiras de árbitro podem emitir julgamentos. Um vídeo jamais consegue retratar a realidade de um levantamento.

Muitos vídeos, além disso, são feitos de frente. Há um motivo pelo qual exitem três árbitros no powerlifting: o árbitro central vê coisas diferentes do que os laterais ( e cada um deles entre si ). O árbitro central dificilmente tem uma boa perspectiva quanto à profundidade do agachamento.
A minha sugestão é que se agache o mais fundo possível. Deve ser o suficiente para satisfazer o mais rigoroso dos juízes. Se não é possível descer mais que isso, quer dizer que o levantador ainda não está preparado para aquela carga, ou pelo menos não está naquele dia.


Blog Força Total

17/12/2013

LEILÃO DE UM BANCO DE SUPINO INFANTIL!!! VOCÊ ALÉM DE PODER LEVAR O BANCO, AINDA VAI AJUDAR ALGUMAS CRIANÇAS ANTES DE ACABAR O ANO...


PROJETO "FORÇA PARA O BEM" faz leilão de banco de supino infantil, com barra e tudo!!!

Ontem recebemos como doação para nosso projeto um lindo MINI-BANCO DE SUPINO, feito pelo Claudio Gomes Pereira, e resolvemos fazer um Leilão dele no Face Book. O dinheiro arrecadado será inteiramente doado para as entidades apoiadas pelo Projeto.

Participar é muito fácil: você dá um lance na página do projeto

cobrindo o valor do lance anterior e quinta feira dia 19/12 as 18:00h bateremos o martelo!! Quem tiver dado o maior lance fica com o mini-banco de supino, e ainda por cima estará ajudando entidades como APAE e CECAN...
Então vamos lá, lance inicial é de 300,00 reais... QUEM DÁ MAIS???


VOCÊ REALMENTE SABE QUAL COMBUSTÍVEL É MELHOR PARA SEU CORPO???



Já vinha querendo falar sobre esse assunto, mas o tempo anda apertado!!!
Lendo um texto da Atleta e Parceira, Marília Coutinho, acabei arranjando um tema para desenvolver um post sobre o assunto.

Qual combustível você anda utilizando em seu MOTOR? 

Sim, MOTOR... Já viu sistema mais fascinante que o CORPO HUMANO???
O homem ainda não conseguiu desenvolver uma máquina capaz de durar tanto tempo e ainda ter um bom funcionamento, lógico que isso depende de cada um e do tipo de vida que a pessoa leva.
Se quiser viver na FARA e tocar o FODA-SE para tudo, aí a culpa não é do equipamento (corpo) que vai avariar cedo e sim do seu ESTILO DE VIDA.

Mas, como esse é um espaço de pessoas que curtem um estilo de vida no qual os Treinos e Alimentação estão sempre em primeiro plano, não vou entrar no mérito de quem não cuida ou abusa do corpo.

Quais tipos de Alimentos podemos usar como Energia???

O mais conhecido e mais usado por pessoas normais e por uma parte dos esportistas, são os Carboidratos. Podendo ser eles de Baixo Índice Glicêmico e de Alto Índice Glicêmico.
Introduzido há muito anos no cardápio alimentar de todos os povos do nosso planeta, os Carboidratos são a fonte de energia mais usada. Mesmo que a maioria das pessoas não tenham a mínima noção da função deles para o nosso organismo, é visto como o acompanhamento indispensável para todas as refeições o Arroz, Macarrão e até os Pães.

Você leram o que eu disse!!! Os Carbos foram introduzidos há muitos anos, e não podemos esquecer que mesmo parecendo muito tempo, ainda nem se compara com os séculos que o ser humano usou a gordura animal e outros alimentos como fontes de energia. Isso mesmo... Na pré-historia não existia pratinho de arroz com feijão, trigo e outros alimentos que hoje vejo com muita tristeza. Alimentos que sofreram mudanças drásticas em laboratórios e hoje começam a nos mostrar sua verdadeira face. Antigamente ao comprar um quilo de feijão sempre vinham alguns "brindes" (carunchos, bichinhos), lembro que minha mãe e até eu mesmo depois casado,  ficavamos bravos, mas mal sabíamos... Como era melhor com eles!!! Hoje não encontramos mais esses bichinhos, só que o preço que pagamos é muito alto... Pagamos com nossa SAÚDE.
Voltando à pré-historia kkkkkk, naquela época dependendo da região, alguns tinham muita caça, outros raízes, frutas e etc...

Somos indivíduos com particularidades distintas, alguns funcionam bem usando os famosos Carboidratos e conseguem tê-los como base alimentar, levando uma vida ou estilo de vida com dietas apenas reduzindo seu consumo. Agora temos pessoas que depois de muitas tentativas acabaram percebendo que não conseguem dar tudo de si fazendo uso do Carbo como combustível, e funcionam otimamente reduzindo consideravelmente o consumo de carboidratos e usando como fonte de energia, a gordura. 


GORDURA!!!

Isso mesmo... Gordura! Existe alguns motivos que levam uma pessoa a buscar essa fonte de energia, podendo ser por um estilo de vida ou por imposição do próprio organismo. Adeptos da dieta low carb ou Paleo diet, assim como a Atkins, Dunkan, entre outras, consomem elevadas quantidades de proteína com gordura animal ou não, sem causar males à saúde.
Esse assunto é muito vasto, melhor falar mais sobre ele em outro post. 


Gorduras de Fonte Animal:

Agora temos várias pessoas já pensando que nunca mais irão limitar o consumo daquela gordurinha da picanha do churrasco no final de semana. E essa é uma das ruins, o mesmo acontece com bacon ou outras gorduras desse gênero. Agora temos a gordura encontrada em peixes, ricas em omega 3   

Mas, não se engane! Hoje temos vários atletas de força usando gorduras como fonte de energia e não só tendo o consumo de origem vegetal e sim TUDO.

A maioria não sabe, mas não são só nossos carros que tem a função FLEX, nosso organismo também consegue trabalhar usando os Ácidos Graxos e a Glicose (Gorduras e Carboidratos).

Para deixar esse Post com mais base e credibilidade, trouxe uma Amiga e também Atleta e Nutricionista para dar uma força e ajudar no assunto.

Stefanny Costa.

FONTES ENERGÉTICAS

Vamos retomar...

Quando falamos em combustível energético lembramos prontamente dos carboidratos, fonte primária de energia que nos fornece 4 calorias em cada grama desse nutriente. O termo 
carboidratos denota hidratos de carbono. Estes podem ser divididos em três classes principais de acordo com o número de ligações ou “tamanho” das moléculas: monossacarídeos, oligossacarídeos e polissacarídeos. Ficou complicado né? (risos). E o que interessa o número de ligações dessas moléculas? Quanto menos ligações um carboidrato tiver, mais rápido ele será metabolizado. E a importância disso é saber justamente quando e quanto de determinado alimento fonte de carboidrato podemos consumir a fim de evitar quedas bruscas de glicemia. 
Já os lipídios (gorduras) são nossa maior reserva energética e cada molécula fornece 9 calorias por grama. São classificadas de acordo com o tamanho da molécula em triglicerídeos de 
cadeia curta, triglicerídeos de cadeia média – TCM (esse seria interessante falar em um post à parte) e triglicerídeos de cadeia longa. São classificados de acordo com o tipo de ligação em 
gordura saturada, monossaturada e poliinsaturada. Tá difícil? Vamos simplificar: As gorduras saturadas são aquelas que são sólidas em temperatura ambiente e estas devem se consumidas 
em menor quantidade que as gorduras insaturadas, pois o consumo das gorduras saturadas em excesso leva ao aumento do LDL (“colesterol ruim” quando em grande quantidade na 
corrente sanguínea). Já as gorduras insaturadas são aquelas que são líquidas em temperatura ambiente e também são encontradas em oleaginosas, como castanhas, nozes, linhaça, entre muitas outras. Estas devem ser consumidas em maior quantidade quando comparadas com as gorduras saturadas, pois são elas que aumentam e mantém os níveis de HDL (“colesterol bom” que protege nosso coração e deve estar dentro da faixa normal recomendada, nem mais, nem menos).

Certa vez, discutindo sobre alimentação com um colega de trabalho e pesquisador da Universidade Federal de Alagoas, voltamos no tempo quanto à alimentação e real necessidade 
energética do ser humano. Na verdade é bem complexo generalizar, visto que cada um de nós gasta energia com atividades diferentes, em horários diferentes e de formas bem 
diferentes. Alguém aqui já parou para estudar (falo de estudar mesmo, concentração e assimilação de conteúdo) quando em dieta com baixo carboidrato? Eu já. Não, não é nada fácil. Isso porque o cérebro é o maior consumidor de glicose, mas que se adapta com o tempo a dietas cetogênicas que são justamente essas dietas com baixo carboidrato, onde a principal fonte energética agora serão as gorduras e não os carboidratos. Imagine que você ficou sem carboidrato durante 24 horas e que sua reserva hepática de glicogênio já está nas últimas. 
Nós temos células que só funcionam com carboidrato, a exemplo dos eritrócitos (células vermelhas do sangue) e como terá pouco carboidrato disponível esse “restinho” é direcionado  justamente para as células dependentes. Eis que nosso corpo começa a degradar músculo por um determinado período para fazer energia, mas percebe que precisa parar, pois dessa 
forma irá morrer em algumas horas. Aí ele lembra que tem uma grande reserva energética: 
o tecido adiposo (células de gordura) e começa a tirar a energia de lá. Até chegar a esse momento já se foram umas 64 a 72 horas. Exatamente. Todo processo fisiológico acontece por 
etapas e quando buscamos alguma mudança fisiológica precisamos ter paciência. E era assim que nossos antepassados sobreviviam: de reservas energéticas e alimentação moderada em carboidrato (geralmente das frutas que encontravam) ricas em proteína e gordura saturada (geralmente das carnes). Ou vocês acham que eles catavam a gordura da carne como fazemos hoje? (risos). 

Já que não podemos generalizar e estamos aqui apenas para esclarecer alguns fatores, o ideal é adequar as fontes energéticas ao seu estilo de vida e não ZERAR carboidrato como muitos fazem achando que estão fazendo uma coisa boa. Zerar carboidrato não é fazer dieta. Dieta é saber o equilíbrio da necessidade de cada indivíduo. Haverá momentos do dia que você vai precisar de mais carboidrato e outros momentos menos: desjejum, pre e pós-exercício, por exemplo, são momentos onde a demanda energética é maior pode entrar um pouco mais de carboidrato. Nos demais horários do dia, a depender de como é sua rotina, esse carboidrato pode ser bem reduzido já que a demanda energética não é tão alta.

É importante saber como seu corpo funciona melhor. Preste atenção no que você come e o que te faz sentir bem (ou não) e assim você terá como se guiar na hora de escolher determinados alimentos e a melhor hora de consumí-los. 

E para quem busca performance, saúde e resultados (sim, aqueles resultados que todos esperam, mas é difícil de aparecer), sugiro que procurem um nutricionista comprometido para te auxiliar nesse “mapeamento” e planejamento dietético que até pode parecer simples em termos gerais, mas que é muito mais complexo do que vemos por aí. 

Aceitamos sugestões para podermos discutir outros temas com vocês e de antemão já agradeço a oportunidade de compartilhar um pouco desse mundo fantástico da nutrição.

Abraço a todos e bons treinos! ;)


Stefanny Costa - Atleta Figure e Estudante de Nutrição na Universidade Federal de Alagoas.

Blog Força Total